Login:

Senha:



 
Proposta

As paixões são todos aqueles sentimentos que, causando mudança nas pessoas, fazem variar seus julgamentos, e são seguidos de tristeza e de prazer, como a cólera, a piedade, o temor e todas as outras paixões análogas, assim como seus contráriosAristóteles, Retórica, II, 1378a19-22. (Tradução de Isis Borges).  

O contato entre o diretor e o público é algo único no cinema, pois transmite uma experiência impressa na película em formas radicalmente emotivas e, portanto, poderosas. O espectador sente necessidade de tal experiência vicária visando reaver, em parte, o que ele mesmo perdeu ou deixou escapar. Ele persegue isso em um tipo de “busca do tempo perdido”. Quão humana será essa experiência novamente adquirida depende somente do autor. Uma grave responsabilidade! Tarkovsky, Sculpting in Time, Texas U.P., p. 179. (Tradução de Cecília Coelho).

 

"Ensinar, agradar e persuadir”, objetivos da retórica, segundo Cícero, constituem, a nosso ver, uma tríade adequada para analisar a relação entre a filosofia e as artes – em especial o cinema e sua função ética, estética e pedagógica –, análise cuja realização parece possível apenas por meio da cooperação entre pesquisadores de diversas áreas. Acreditamos que eventos de natureza interdisciplinar como esse Seminário são o espaço apropriado para debater problemas transversais, fortalecendo campos como o dos estudos de retórica e argumentação.

Se é procedente, como acreditamos, que o papel do cinema na produção de emoções e na formação cognitiva seja similar ao do teatro grego antigo, influenciando os hábitos e comportamentos dos cidadãos nos âmbitos político e epistêmico, é oportuno e proveitoso que estudiosos de teorias filosóficas, literárias e audiovisuais analisem esse papel. 

 

© 2018   Título do Site Versão 11.01.13